Todo carro, para funcionar de forma correta e segura, precisa passar por cuidados essenciais. O balanceamento das rodas do veículo faz parte desse pacote básico de segurança. Ele está ligado à suspensão do carro e evita, quando bem realizado, trepidações na direção. E ainda garante desgastes mais uniformes aos pneus.

Para que serve o balanceamento das rodas?

O balanceamento das rodas é feito para diminuir os atritos causados por impacto e o desconforto do motorista na direção quando isso acontece. Além disso, ainda aumenta a vida útil dos pneus. Ou seja: segurança, longevidade e conforto são os principais ganhos após a sua execução. Mas você sabe quando é necessário fazer o balanceamento do veículo? É o que iremos te mostrar agora. Confira:

A frequência de utilização do carro é o que vai definir a quantidade de vezes que as suas rodas precisarão passar pelo balanceamento. Mas no geral, não deixe de fazer esse procedimento nas seguintes situações: durante a primeira revisão do carro; depois do rodízio dos pneus; quando os pneus forem trocados por outros novos; se você sentir qualquer tipo de trepidação fora do comum quando estiver guiando o veículo ou após reparos na câmara dos pneus.

O balanceamento pode ser feito de forma local, sem a retirada das rodas do carro, ou através do balanceador de coluna, que implica na retirada das rodas.

O que pode acontecer se o balanceamento das rodas não for feito?

Insegurança e desconforto não são as únicas consequências negativas da falta de balanceamento.  Outros problemas que podem surgir caso você negligencie esse cuidado são:

  • Perda de estabilidade e tração do carro;
  • Diminuição da vida útil da suspensão do veículo.;
  • Dificuldade em manter a trajetória;
  • Redução da longevidade do pneu por conta dos desgastes causados nos amortecedores, rolamentos e terminais de direção.

Então já sabe: não esqueça de checar no Manual do seu veículo quais são as recomendações de tempo para as revisões. E claro, sempre faça o serviço com um profissional de confiança quando perceber qualquer tipo de comportamento fora do normal ao dirigir.