Ter um carro facilita muito o nosso dia a dia e ainda poupa tempo. Mas quando ele começa a apresentar algum problema pode ser uma grande dor de cabeça. Muitos donos de veículos têm dificuldade em decidir se é melhor abrir mão da garantia e fazer a manutenção ou reparo em uma oficina independente ou levar o carro para uma concessionária autorizada. Mas afinal, qual é a melhor opção? Oficina independente ou autorizada?

A resposta para essa pergunta é bem relativa. Existem grandes diferenças de marca para marca. Alguns carros apresentam defeitos com menos frequência. Nesses casos, abandonar a garantia pode não ser tão grave. Já com outras marcas a situação é diferente.

Oficina independente ou autorizada: vantagens e desvantagens

As duas opções apresentam prós e contras. Existem relatos de carros que vão para revisão nas autorizadas e acabam não passando pelos processos de melhorias necessários. Não trocar peças que deveriam ser realmente trocadas, por exemplo, é um dos principais fatores de reclamação dos motoristas.

A forma como o conserto ocorre nas concessionárias também pode deixar os clientes inseguros. Geralmente um funcionário leva o carro até uma área de acesso restrito e o dono do veículo fica sem saber o que está sendo realmente feito. Outro ponto de insatisfação são os preços praticados, que podem chegar a ser até 3 vezes mais caro que nas oficinas comuns.

Por outro lado, nas oficinas independentes também não é difícil achar comentários de clientes insatisfeitos acusando um serviço desonesto. Empurrar peças sem necessidade ou não trocar ou reparar o que deveria ser melhorado, por exemplo, são queixas constantes.

A principal vantagem das oficinas independentes em relação às concessionárias é mesmo o preço. Além dos serviços prestados serem mais baratos, as peças vendidas também costumam sair mais em conta que nas autorizadas. Ainda assim, uma ótima dica para economizar é tentar comprar as peças necessárias para o reparo por conta própria e levar para o mecânico. Mesmo sendo mais baratas que nas concessionárias, as oficinas também precisam aumentar o preço das peças para poder trabalhar com uma margem de lucro satisfatória.

Orçamento

Para não ter nenhuma dúvida sobre qual serviço optar, é fundamental pedir um orçamento na concessionária e comparar os valores praticados nas oficinas independentes. Se você tiver um mecânico de confiança, as coisas ficam mais fáceis.

Confira também:

5 dicas para lavar o motor do seu carro com segurança

Porque usar aditivos no sistema de arrefecimento do carro?